HIDROTERAPIA



A Hidroterapia tal como o próprio nome indica, consiste na terapia através da água sob diversas formas e temperaturas variáveis, tratando-se de uma tratamento proporcionado pelos terapeutas e outros profissionais, realizado dentro de uma piscina ou tanque e indicado para crianças, jovens e adultos.

A hidroterapia é por excelência uma terapia que se desenrola no meio aquático. Neste contexto existe actualmente o conceito de psicomotricidade aquática que se centra não apenas na habilitação em termos de desenvolvimento físico mas também ao nível do desenvolvimento psicológico. Na psicomotricidade aquática a terapia inclui uma componente cognitiva que se trabalha em conjunto com aprendizagens motoras.

A Hidroterapia é por excelência realizada em piscinas ou tanques adequados para a realização de exercícios. Cada piscina deve adequar as condições de acessibilidade e temperaturas (do ar e água) aos utentes que a frequentam e ao tipo de exercícios que nela são realizados.

A hidroterapia é dirigida a bebés, crianças, jovens e adultos e promove essencialmente competências motoras , ajuda na aprendizagem e conhecimento corporal tendo também uma forte componente na habilitação de funções. É fundamental em casos de:

- Deficiência;

- Doenças Ósseo-Articulares;

- Problemas Psicomotores;

- Perturbações do Espectro Autista;

- Atraso de Desenvolvimento;

- Paralisia Cerebral;

- Doenças crónicas;

Em adultos a hidroterapia, é fundamentalmente uma terapia essencial em muitos casos de:

- Acidentes Vasculares Cerebrais;

- Lesões Medulares;

- Paralisia Cerebral;

- Doenças Crónicas;

A Hidroterapia actua essencialmente no sistema motor da pessoa não excluindo outros parâmetros e elementos terapêuticos individuais. Pode ser um excelente meio de estimulação e pode promover capacidades motoras, cognitivas, sociais, de linguagem, interacção, entre outros.

No caso de aplicação desta terapia em crianças e jovens com perturbações do espectro autista, esta técnica permite uma melhoria de movimentos, relaxamento, produção de bem-estar, aumento de confiança e auto-estima. Como outros efeitos provenientes desta técnica, podem ser apontados progressos no desempenho de certas tarefas físicas, no rendimento e na sociabilização.

video


Referências bibliográficas:

Campion, M. (1997). Hydrotherapy: Principles and Practice. Edição de Elsevier Health Sciences. Acedido em: 6 de Janeiro de 2009 em: http://books.google.pt/books?id=Zq_15EPJof8C&dq=Hydrotherapy&printsec=frontcover&source=bl&ots=l7cU18fiO5&sig=82c3h295SE9pJy_YaqaBpFgVZtI&hl=pt-PT&sa=X&oi=book_result&resnum=7&ct=result#PPP1,M1

Sem comentários: